domingo, 23 de setembro de 2012

A Importância do Estudo da Hermenêutica Para a Igreja Hoje

 Por Marcos Aurélio Dos Santos

A palavra hermenêutica vem do grego"hermēneuein" e significa "declarar", "anunciar", "interpretar", "esclarecer" e, por último, "traduzir". Em resumo, Podemos assim definir esta disciplina como: A arte de interpretar textos bíblicos. (uma definição do livro“Hermenêutica”, dos profs, E.Lund/P.C Nelson). Seu objetivo é levar o interprete a uma construção mais consistente em suas interpretações do texto sagrado valendo-se de suas regras e princípios hermenêuticos. Disto depende o intérprete para um bom desenvolvimento de sua teologia. Não se valer dos princípios e regras da hermenêutica na interpretação da Bíblia, pode levar o interprete a cometer erros podendo resultar em formação de uma teologia vacilante. No caso de interpretações que em suas conclusões negam as doutrinas fundamentais do cristianismo como a divindade de Cristo, sua morte e ressurreição, arrependimento, novo nascimento e outras, certamente formará teólogos liberais. 

Uma das regras da hermenêutica que todo cristão deve levar a sério, é a que diz que cada cristão tem o direito e a responsabilidade de investigar e interpretar pessoalmente a palavra de Deus (Jo 5:39;2 Tm 2:15;1 pe 3:15). Esta prática é possível em nossos dias, graças ao empenho dos reformadores que lutaram ao lado de Deus contra o papismo que dominava sobre o povo na idade média, onde a permissão para ler e interpretar as escrituras estava restrita apenas ao clero, deixando o povo em completa ignorância no tocante à sua interpretação. Homens direcionados pelo Espírito Santo como Martinho Lutero, John Wicliffe e outros, traduziram a Bíblia para a língua de seu próprio País levando o povo a ler e interpretar as escrituras em seu próprio idioma.

Não há dúvidas de que a livre interpretação das escrituras trouxe grandes benefícios para a igreja, tanto na idade média, como para a contemporânea. Ter livre acesso às escrituras certamente levou a igreja a prática de uma fé mais cristocêntrica libertando-a dos grilhões da ignorância como também do domínio clerical sobre a fé dos devotos. A cortina de fumaça negra que impedia a igreja de ver e vivenciar a revelação de Deus para o homem por meio de Jesus Cristo revelado na Bíblia gradativamente foi sendo retirada, levando assim ao interprete conhecer a revelação divina, e por sua vez participar dos benefícios da maravilhosa graça de Deus.

Os princípios e regras da hermenêutica exercem um papel importante neste cenário, onde cada cristão, como já foi dito, tem o direito e a responsabilidade de investigar e interpretar as escrituras. É no uso da hermenêutica bíblica que o interprete encontra diretrizes seguras para construir uma boa interpretação. 

Uma interpretação correta dos textos bíblicos resulta em uma fé sadia onde o cristão sobre a orientação e iluminação do Espírito Santo (2Cor.4.6), passa a ter uma melhor compreensão da revelação do Eterno por meio de Jesus Cristo, o verbo que se fez carne, a palavra viva, o princípio e o fim. É com a ajuda da aplicação da hermenêutica que encontramos a possibilidade de construir uma teologia com bases seguras, fundamentada nos ensinamentos de Cristo visto que os erros de interpretação cometidos sem suas regras e princípios, podem resultar no sério perigo das falsas doutrinas.

Para igreja atual a questão é desafiadora. Para muitos, a palavra hermenêutica é no mínimo estranha. Não há o habito de leitura e reflexão da Bíblia, a falta de interesse pelo estudo, acompanhado por muitas vezes em alguns casos do preconceito à teologia, é a principal barreira imposta na questão da interpretação.

Não é apenas uma questão cultural, mas o desafio está em um desenvolvimento de uma teologia mais equilibrada. A ênfase na busca de experiências sobrenaturais, como orações de cura e libertação, “unção do Espírito”, manifestações dos dons espirituais como línguas e profecias e outras experiências semelhantes, quando buscada e exercitadas em detrimento do estudo e reflexão das escrituras sem a busca do equilíbrio, isto é, "poder+palavra",  desemboca em uma fé alienada sem fundamentos seguros na palavra de Deus.(Ler Mt.22.29).

Por longos anos foi inculcado na mente de muitos evangélicos do Brasil, principalmente no meio pentecostal, a ênfase na oração, e a busca de experiências místicas em detrimento do estudo e reflexão das escrituras. Houve tempos em que estudar teologia (na visão de alguns pastores) atrapalhava a fé, o que de certa maneira foi e ainda é, uma forma de manipular a fé dos crentes. Percebe-se uma tentativa de retornar aos tempos da idade média onde a igreja usava de sua autoridade para determinar o que a Bíblia queria dizer ao povo limitando o livre pensamento ao clero. 

Na teologia, o estudo da hermenêutica leva o interprete a compreender que é a Bíblia que determina o que a igreja diz ao povo e não o oposto. A maneira dogmática na interpretação feita pelas denominações de certas doutrinas, que geralmente são opostas a de outras podem ter base escriturística, no entanto, a igreja (denominação) não tem o direito de impor as mesmas a seus adeptos privando-os de investigar e comparar se as tais tem base nas escrituras. 

O interprete deve colocar-se a disposição da orientação do Espírito Santo que mediante a liberdade dada por Cristo (2Cor.3.17;  Rm.8.15;1Cor.12.4,7; ), formará sua base teológica, tendo assim o dever e o direito de expor sua opinião a cerca dos textos que forem apresentados. As denominações institucionais não podem ir contra o principio da liberdade cristã, pois esta foi dada por Cristo mediante a ação do Espírito Santo (2Cor.3.17). O direito de Ler e interpretar as escrituras são dados por Jesus em sua palavra e estamos sujeitos a erramos se não atentarmos para isto (Mt.22.29). 

Errar na interpretação de textos da Bíblia pode resultar em uma fé errante ou alienada. A questão é preocupante, pois não são poucos os crentes que formam interpretações distorcidas, afirmando e divulgando doutrinas sem base escriturística. A interpretação com textos isolados do contexto, ideias preconceituosas, interpretações partindo de pressupostos e falta de exame cuidadoso são alguns dos diversos erros na interpretação cometidos por alguns pregadores evangélicos na igreja de hoje. 

É dever de todo cristão mesmo dentro de suas limitações no tocante à sua formação teológica se esforçar na leitura e reflexão das escrituras, pois como já foi dito, interpretar é tarefa de todos. Deus em seu imenso e eterno amor deseja ser conhecido por intermédio dessa, chamada pela teologia sistemática de “Revelação Especial”.

É por meio da palavra que Deus revela na pessoa de Jesus, o caminho que devemos trilhar na busca de um relacionamento profundo e sincero com o Deus de toda Eternidade. É nela que encontramos diretrizes para a construção de uma comunidade fraternal, amável, misericordiosa, acolhedora. Nas Escrituras, é revelada a magnífica encarnação do Cristo, Χριστός, Christós = O ungido ou consagrado, onde todos nós, inclusive pastores, estão debaixo de sua unção. 

Que a igreja possa refletir sobre esta tão importante tarefa. Expor as escrituras, anunciar as boas novas do Evangelho como de fato ele é, sem mascaras e distorções, apregoando o Reino de Deus a todos, encaminhando a igreja para lugar seguro, longe dos lobos devoradores, dos homens maus, dos mercadejastes da palavra, dos pretensos donos da igreja que o Senhor comprou com seu sangue precioso derramado no madeiro. 

Que o Senhor nos ajude!













Reações:

2 comentários:

  1. Paz do Senhor,encontrei seu blog e achei o mesmo bem edificante, aproveito e convido você a nos visitar e se possível nos seguir no http://luzevida123.blogspot.com.br/ Obrigado e Deus abençoe você e sua família.

    ResponderExcluir
  2. Algo muito bom está disponível hoje para os estudantes bíblicos: LITERATURA!!

    Diferentemente de alguns anos atrás, é possível adquirir bons materiais para um melhor entendimento da Palavra de Deus. Isto sem falar dos blog's de irmãos comprometidos de fato com a Verdade!

    Então, a ignorância hoje é só para quem a quer mesmo!

    Graça e Paz!!!

    ResponderExcluir